Flauta Transversal

Março 12, 2008

 

flauta-t.jpg

A flauta (ou flauta transversal) pertence à família das madeiras. É um instrumento não palhetado, possuindo um orifício por onde o instrumentista sopra perpendicularmente ao sentido do instrumento A flauta transversal como a conhecemos hoje data de 1871. É um dos instrumentos mais antigos que se conhece, tendo sido sempre muito utilizado, ou pela sua facilidade de construção, ou pelo seu som melodioso, ou pelo timbre doce e suave que produz. Dentro de uma orquestra as flautas estão numa espécie de “núcleo da orquestra” onde se encontram os principais instrumentos das Madeiras (Oboé, Clarineta, Fagote) já que os solos de uma melodia geralmente são confiados a estes instrumentos. A flauta é particularmente usada em passagens rápidas e salteadas – aliás, o virtuosismo na flauta está na sua agilidade. Diz-se que é o instrumento mais ágil da orquestra.

texto elaborado a partir da «Wikipedia»

Ana Pinto, G7


Oboé

Março 12, 2008

 

oboe2.jpg

O oboé é um instrumento musical de sopro de palheta dupla da família das madeiras. O corpo do oboé é feito normalmente de madeira (ébano, jacarandá) e tem formato ligeiramente cónico – alguns instrumentos mais recentes têm sido feitos de plástico.

O músico que toca o oboé é denominado “oboísta”. O oboé é considerado um dos instrumentos de sopro de técnica mais difícil de respiração.

Os oboés foram incorporados à orquestra em meados do século XVII, onde desfrutou de grande popularidade entre compositores como Bach, Vivaldi e Handel, do período barroco.

Texto baseado na «Wikipédia»

Joana e Rute, G1


Pausa (para descontrair)

Março 11, 2008

Este post vai ter como referência um instrumento um pouco diferente daqueles que conheces. Sai um pouco fora do que é o registo do nosso blog, mas, como o nome do post indica, trata-se de uma pausa no nosso «trabalho». Com o instrumento que te vou apresentar podes produzir sons e música a teu gosto. Descobre o compositor que há em ti. Clica na imagem abaixo e procura a tua «veia» musical.

pianola.jpg


O Fagote

Março 6, 2008

 

fagote3.jpg

Constituído por um longo tubo de madeira com o formato cónico medindo cerca de 2,5 metros, o fagote é um instrumento musical da família dos instrumentos de sopro. Com palheta dupla, este instrumento é o mais grave da sua família e dos instrumentos de madeira e entra predominantemente em orquestras. A origem deste instrumento é bastante remota havendo conhecimento da utilização de instrumentos de palheta dupla na antiguidade, em particular no Egipto, Médio Oriente e Ásia. O fagote na sua forma moderna aparece no Século XVIII figurando em orquestras e grupos de música de câmara. Um compositor que usou muito este instrumento nas suas composições foi Johann Sebastian Bach.

Texto baseado na «Wikipédia»

Daniel Nunes G3


A Tuba

Março 3, 2008

 

tuba.jpg

A Tuba é um instrumento musical de sopro da família dos metais e consiste num tubo cilíndrico recurvado sobre si mesmo e que termina numa campânula em forma de sino. Logo depois do seu aparecimento, na primeira metade do século XIX, começou a ser um instrumento muito popular em especial nas pequenas bandas de metais da Grã-Bretanha.

Hoje, as Tubas podem ser encontradas nas mais diferentes formas, combinações e afinações. Os tipos de Tubas mais conhecidos são:

Tuba de marcha, com a tubagem horizontal, parecida com a tubagem de um trompete. É colocada sobre o ombro esquerdo do executante, e foi concebida para facilitar o transporte em marchas; Tuba Helicon, são tubas com forma circular, com a campânula orientada para a frente envolvendo o corpo do músico, e o Sousafone, o maior dos instrumentos de sopro, é uma tuba especial que o músico ou executante apoia no ombro para que possa tocá-la enquanto anda ou marcha. Este instrumento foi idealizado por John Philip Sousa, compositor americano, mas de origem portuguesa.

Texto baseado na «Wikipédia»

Ana Ramos G4