A Zabumba

Fevereiro 11, 2008

zabumba.jpg

A Zabumba é um tambor confeccionado de pranchas de madeira coladas com veios alternados ou metal, no formato de caixas cilíndricas. Este instrumento pode ser de médias ou grandes dimensões e a sua sonoridade é grave. É tocado ou percutido por varetas, macetas ou baquetas, na superfície com uma ou duas membranas esticadas em uma das bases.. As zabumbas são muito usadas para marcar o ritmo em determinados géneros musicais. O som da zabumba é característico de todos os ritmos nordestinos do Brasil do genero forró, sendo os principais ritmos o baião, o xaxado e xote. O seu som grave marca o tempo forte da música. Marca também o contratempo devido à sua vareta chamada bacalhau, que bate na pele inferior.. A sua pele pode ser de couro ou de nylon.

Texto adaptado da «Wikipédia»

 


O Triângulo

Fevereiro 11, 2008

 

triangulo.jpg

O triângulo é um instrumento musical idiofone de percussão feito de metal e usado no folclore português e também em alguma música brasileira, como o forró. Pode também ser incluído na secção de percussão de uma orquestra ou de uma banda de musica.

Normalmente é feito de ferro ou aço, mas podem ser encontrados em alumínio. O som do instrumento é obtido por percussão, através do movimento do bastão (batedor), que bate no triângulo em sincronia com a mão que o segura e determina o som aberto (com maior sustentação) ou fechado.

Texto retirado da «Wikipédia»

Flávio, G5


O Adufe

Fevereiro 5, 2008

adufe1.jpg

O Adufe, é um instrumento musical português. É um pandeiro bimembranofone quadrangular. Foi introduzido pelos árabes na Península Ibérica entre os séculos VIII e XII.

O adufe é segurado pelos polegares de ambas as mãos e pelo indicador da mão direita, deixando deste modo os outros dedos livres para percutir o instrumento.

É executado exclusivamente por mulheres, acompanhando o canto sobretudo por ocasião das festas e romarias.

Ricardo, G7


A música dos vegetais

Janeiro 28, 2008

 

vegetalorquestra.jpg

 

Fundada em Janeiro de 1998, em Viena (Áustria) a “The First Vienna Vegetable Orchestra” reúne 10 músicos das mais distintas áreas, um cozinheiro e um técnico de som. Poderá parecer estranho um cozinheiro integrar a orquestra… Mas o motivo é pertinente. É que no final de cada concerto esta Orquestra convida o público presente a degustar uma sopa com os instrumentos (vegetais) utilizados. As composições são seleccionadas ou criadas a partir duma grande multiplicidade de estilos, desde a música tradicional africana aos clássicos europeus à música experimental ou electrónica. Os instrumentos são feitos com vegetais e em alguns casos [poucos], a orquestra recorre também a utensílios de cozinha. Alho francês, pimentos, cenouras e pepinos são apenas alguns dos legumes que este inusual colectivo de Viena transforma em instrumentos.

Este texto foi retirado daqui. Nesta página da net encontra-se muita informação sobre instrumentos musicais.


Young@Heart

Janeiro 23, 2008

O coro Young@Heart é um grupo muito especial. Foi fundado em 1982 e era constituído somente por elementos com idade superior a 79 anos, que viviam numa residência para idosos em Northampton (EUA). Os elementos que compõem actualmente o coro têm uma media de idades entre os 72 e os 88 anos. Poucos dos seus elementos têm experiência em teatro ou música. Alguns deles nunca pisaram um palco antes dos 80 anos. Nenhum dos actuais membros fazia parte do grupo inicial, mas mantêm o espírito dos fundadores, levando o nome Y@H a todas as partes do mundo, deixando todos maravilhados com as suas vozes e a sua juventude.

Vê este vídeo que é absolutamente fantástico.